You are currently viewing Branding: porque ele é importante e como aplicar no seu negócio

Branding: porque ele é importante e como aplicar no seu negócio

Branding não é a mesma coisa que Marketing

Branding e Marketing muitas vezes são tratados juntos, como se fossem sinônimos. Mas isso não é verdade. São dois conceitos que se apoiam. 

Então vamos começar do início.

O que é Branding?

“Brand” vem do inglês, que significa marca. O “ing” é o gerúndio, então podemos traduzir livremente Branding como algo parecido como  “marcando”. Vamos usar essa tradução livre para te explicar o conceito, que não é nada novo. Branding existe há décadas. 

Branding se refere a marca, ou seja, a impressão que o seu negócio deixa na mente das pessoas.

São as estratégias de gestão e de posicionamento para gerar reconhecimento, identidade e valor da marca. E quando isso é bem feito, facilita a decisão do cliente em comprar da sua empresa.

Está achando muito vago e pouco prático? Calma, que iremos deixar mais fácil.

O branding é o que dá personalidade para a sua marca, e para compô-lo, é preciso definir e ter clareza de alguns fatores principais: 

Todos esses fatores irão nortear as decisões da empresa que se referem a reputação e imagem da marca.

Grandes empresas se tornaram memoráveis com o Branding

Grandes empresas usam o Branding para se fortalecer há anos, e conseguiram um espaço já reservado na mente da população. 

Sabe aquelas marcas que até se tornaram sinônimo de seus produtos? 

  • Bombril – esponja de aço, 
  • Gillette – lâmina de barbear,
  • Danone – iogurte, 
  • Cotonete – haste flexível com algodão,
  • Band-Aid – curativo.

Existem várias outras, que são marcas renomadas, e que trabalham o branding há muito tempo aliado à altos investimentos de marketing. 

Importante frisar que para se chegar nesse patamar, além do alto investimento, é necessário tempo, afinal, conquistar esse espaço na mente do consumidor não é rápido. O trabalho de branding não é de curto prazo, mas gera resultados positivos no médio e longo prazo, e facilita muito a execução de marketing.  

Branding e o Digital

No mundo atual, em que as marcas estão em peso no digital  e nas redes sociais, é importante que empresas de qualquer tamanho e setor trabalhem o branding logo no inicio. 

Isso porque ele ajuda a gerar na sua audiência identificação e conexão, além de te diferenciar dos concorrentes.

Afinal a concorrência não está mais à um clique de distância – ela está no rolar do feed e no próximo stories. Então é importante que você já vá criando conexão e interesse na mente da sua audiência.

 

A parte prática do Branding no mundo digital

Agora que você já percebeu a importância do branding, vamos entender o que é necessário para que o seu negócio, que está presente no mundo digital, se beneficie dele de forma bem prática. 

Você precisa ter esses pontos a seguir bem definidos e claros:

Esses fatores devem ser conhecidos para todos da empresa, não pode ficar só na cabeça da proprietária. 

Já tivemos casos de mentoria em que o branding já estava quase todo definido na cabeça da proprietária da empresa, mas ela não conseguia disseminar as diretrizes para os funcionários, e assim não conseguia gerar valor para a sua audiência. 

E muitas vezes ainda não se tem clareza de todos esses fatores, e ir para o marketing digital sem eles não se obtém os melhores resultados. 

Branding e marketing devem ser trabalhados em conjunto.

Ações que você pode fazer hoje para melhorar seu branding nas redes sociais

Tenha uma identidade visual composta por paleta de cores, fontes (as letras) e alguns ícones, e use-os! Não faça do seu perfil um carnaval de cores com vários tipos de letras misturadas. Você também pode escolher um filtro e sempre usá-lo, ou músicas. Enfim, formas de ir conquistando e marcando um espaço na mente da sua audiência. Para isso você precisa de constância e frequência!

A forma que você se comunica. O seu jeito de “falar” e se expressar nas redes sociais. De repente você vai ter algum jargão? Defina se sua linguagem terá um tom mais coloquial ou mais acadêmico, ou mais formal. E siga com ele.  

Os assuntos que você “fala” na sua página comercial devem seguir uma lógica em relação ao seu negócio, gerando conexão. Isso quer dizer que não é só falar do seu produto e serviço, mas também não dá para tratar sua página como um álbum de família pessoal. Lembre-se de como é o seu público-alvo, e a essência da sua marca… e ache os assuntos pertinentes, e mantenha-os.  

Tanto a sua identidade visual, sua narrativa e seus assuntos precisam ser frequentes e constantes. 

Você só conquistará um espaço na mente e no coração da sua audiência com repetição. Repetição não é falar sempre a mesma coisa, mas sim usar sempre a mesma paleta de cores, de fontes, ter ícones que falem a mesma língua, usar o mesmo tom de voz e encontrar assuntos pertinentes a sua marca e audiência, e se manter fiel a eles. E isso é uma construção. 

Então vamos falar do Marketing? No que ele se diferencia do Branding?

O Marketing está mais voltado à vendas e ao mercado. Em atrair o público para a empresa, criar relacionamento, e compartilhar a identidade e os valores de uma marca de maneira relevante, que impulsione as vendas.

No fundo, o Marketing pode ser visto como as ações que são desenvolvidas para promover os produtos e serviços. 

Ou seja, o branding é para não é só para vender, mas ajuda!  E ele direciona, – e muito – o marketing. Por isso que os dois andam juntos. 

 

Aqui na WM Power, a gente só faz a gestão de rede social quando o negócio já tem clareza dos principais fatores de Branding que impactam o marketing. E muitas vezes ajudamos a empreendedora a definir seu branding, nas mentorias

 

E se você quiser usar a força no Branding para criar seus conteúdos para suas redes sociais, você vai se surpreender com o nosso Conteúdo Power – um e-book com exercícios práticos, que passam pelo fundamental do Branding, para você mesma criar conteúdos que conectam e geram identificação com a sua audiência, dando força para o seu negócio.