Funil de Vendas

Funil de Vendas

Se você já tem estudado ou ouvido falar de marketing, ainda mais o digital, com certeza você já se deparou com o funil de vendas de marketing. 

Caso ainda não tenha entrado em contato com ele, tudo bem também!, iremos te apresentar! E você vai ver como ele é uma ferramenta BEEEEEM importante para converter sua audiência em clientes… ou até para atrair clientes! 

 

O funil de vendas deve ser visto como algo bem estratégico na sua comunicação. A gente usa ele o tempo inteiro. Desde para criar conteúdo, para criar a melhor estratégia de campanha, ele é muito presente no nosso meio. E depois que você entender a importância dele, vai ver como quando aplicado traz resultado!  

Funil pra quê?

funil de vendas

Como qualquer funil tradicional que tem por ai (até o da cozinha!), o topo é bem grande, e lá embaixo fininho né? 

Pois bem, e é assim também nesse nosso funil. Ele é um modelo estratégico que representa a jornada do cliente do primeiro contato com a sua empresa até a venda ou pós venda (a tão amada fidelização).

Essa representação pode ser aplicada em qualquer setor, em qualquer mercado, e por isso que ela é tão usada (além de dar resultado, claro!). 

Ele pode ser separada em 3 grandes partes: topo do funil, meio do funil, e fundo do funil. E dentro delas existem algumas etapas, e pode ser exemplificado pelo desenho abaixo: 

Funil de Venda marketing

Topo do Funil: Descoberta e Conhecimento

Aqui estão as pessoas que estão te conhecendo, você ainda é nova para elas. Elas ainda não entendem que você tem uma solução para elas, que você pode ajudá-las de alguma forma. 

Nessa etapa geralmente estamos lidando com visitantes, pessoas que chegaram até você de alguma forma, mas sobre as quais você ainda não tem nenhuma informação.

Então, esse é o momento  de educá-los, oferecer materiais e informações para que eles andem no funil, para a próxima etapa.

Meio do Funil: Interesse e Consideração

Nessa etapa a pessoa já sabe da sua existência, e pode começar a gostar de você – ou não! Ele já entendeu que você tem um produto ou serviço que pode ajudá-lo, e ele percebe a necessidade desse produto/serviço!

Nesse momento ele começa a pesquisar, fazer contato para entender melhor como sanar o problema que ele tem. Ele te considera para sanar esse problema, mas ainda vai pesquisar, buscar mais informações, ver o que você oferece de melhor, tentar estabelecer alguma relação de confiança. 

  

Fundo do Funil: Compra e Fidelização

Nesse momento, a pessoa já sabe que precisará do seu produto ou serviço para resolver o problema! Ela fecha a compra com você, se tornando seu cliente, e você foi o escolhido para ajudá-lo no problema que ela tinha. Viva!!

E como você já percebeu que esse caminho do funil poder ser longo, é MUITO indicado que você trabalhe com a fidelização de seus clientes, pois esses já passaram pelo processo todo! É muito mais fácil – e barato – vender para alguém que já comprou de você do que por alguém que nunca ouviu falar de você, né? 

Funil de Venda entendido, e agora?

O funil, como dissemos,  é a representação do caminho que uma pessoa passa até se tornar cliente. Feito isso, vem a parte estratégica: entender todos os pontos de contato  (quais canais – redes sociais, site, WhatsApp, telefone, email?) que você vai ter com esse cliente em cada etapa e adequar o conteúdo e linguagem para que o seu potencial cliente vá passando por dentro do funil. 

A gente trabalha com Marketing de Conteúdo em todos os pontos da nossa estratégia, e o funil de vendas vêm sempre junto. Ele é parte fundamental de um bom resultado no marketing digital. 

Para conhecer melhor nossos serviços, clique aqui.

Deixe um comentário!